Como a cor afeta a capacidade de reciclagem do PET

Notou que há uma tendência de haver garrafas PET transparentes ou de cores claras, em vez de coloridas, nas prateleiras? Há um bom motivo por trás disso. A transparência e a cor afetam a capacidade de reciclagem do plástico PET.

O polietileno tereftalato (PET) é um tipo de plástico transparente e reciclável. Nas embalagens, alguns recipientes são transparentes, enquanto outros possuem pigmentos de cor adicionados. Quando as garrafas PET são quebradas na reciclagem mecânica, os pigmentos não são removidos do plástico. Portanto, as cores permanecem.

O PET transparente e sem pigmentos é o que apresente o melhor custo-benefício para reciclagem. PET transparente em cor azul clara costuma ser adicionado aos fluxos de materiais transparentes ou verdes, com poucos efeitos negativos. Na verdade, pode até neutralizar o amarelamento que pode ocorrer em materiais reciclados. O verde claro transparente é comum no mercado, representando cerca de 30% dos fardos de PET reciclado.

Garrafas coloridas e brancas opacas possuem valor limitado no mercado. Elas podem conter pigmentos que causam contaminação da reciclagem, ou podem resultar em cores indesejáveis, quando misturadas com o PET transparente ou colorido.

Fonte: www.plasticsrecycling.org