Reciclagem mecânica versus reciclagem química

A reciclagem de plásticos para uso em novas embalagens tem um impacto positivo no meio ambiente. Há dois tipos principais de reciclagem: mecânica e química. Vejamos as diferenças entre os processos.

Na reciclagem mecânica, vários tipos de plástico entram no processo. Os plásticos são moídos, o que resulta em flocos que são lavados e separados (ou seja, o plástico usado em tampas é separado do plástico PET usado nas garrafas, pois são de tipos diferentes). Os flocos são então derretidos e formam pequenos grânulos, que são então usados para fazer novos produtos.

A reciclagem química, conforme definida pela This is Plastics (www.thisisplastics.com), é qualquer processo no qual um polímero seja quimicamente reduzido para sua forma original de monômero, de modo que possa eventualmente ser processado (transformado novamente em polímero) e transformado em novo material plástico para um novo produto. Quando um artigo não pode ser reciclado mecanicamente devido a colorantes, barreiras ou múltiplas camadas, a reciclagem química pode ser uma opção.

E onde você entra nisso tudo? Quando participa da coleta seletiva, suas embalagens usadas de plástico são enviadas para um centro que utiliza o método químico ou mecânico para produzir resina reciclada, que é usada para fazer novas embalagens ou outros produtos úteis. Sua reciclagem importa, dando vida diversas vezes aos plásticos!

Fontes:
www.thisisplastics.com
www.buyrecyclednow.org